Notícia

Combate ao Aedes Aegypit é responsabilidade de todos

Dicas de saúde

   5 de dezembro de 2016

Com a chegada do verão, aumentam os riscos de proliferação do mosquito Aedes Aegypit e também de doenças transmitidas por ele: dengue, zika e chikungunya. Para diminuir a incidência do mosquito é necessário a participação de todos.

O mosquito procura lugares com água parada para reprodução. Fique atento a locais que possam acumular água, como vasos de plantas, latas, garrafas, pneus, entre outros. Esvazie e limpe esses locais. Para as plantas, coloque areia nos vasos. Os potes de água para animais domésticos também devem ser lavados com frequência.

As doenças transmitidas pelo Aedes Aegypit são graves. A dengue pode ser fatal. A zika é mais perigosa para as gestantes e a chikungunya pode deixar o infectado incapacitado por cerca de três meses, de acordo com o secretário de saúde, João Gabbardo dos Reis. Ele ainda divulgou dados que mostram o aumento de casos no estado. Em 2016, já são 2.430 casos, enquanto em 2015, durante o mesmo período, eram 1.272 registros.

Fique atento aos sintomas como febre, dores e manchas no corpo e sempre procure um médico.

Saúde PAS

19 anos promovendo soluções em saúde!

PORTO ALEGRE:
Rua Jerônimo Coelho, 212 - 2º andar - Centro
51 3092 4800

Novo Hamburgo:
Av. Lima e Silva, 144 - Centro
51 3065 3298

Caxias do Sul:
Rua Moreira César, 2654 - São Pelegrino
54 3419 2499

OUVIDORIA
ouvidoria@saudepas.com.br
51 3092 4808

Copyright 2016 - Saúde PAS - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por BigHouseWeb